quinta-feira, 26 de março de 2015

Do lixo a arte

Do lixo a arte
Alguns artistas usam tintas e outros precisam apenas de sucata. É isso mesmo que você leu SUCATA, a técnica Junk ou Trash Art é baseada na utilização de sucata que muitas vezes lançamos no ambiente sem a menor preocupação.

Hoje vamos falar de dois artistas que fazem Junk Art, um deles é brasileiro. Espero que gostem!

Vic Muniz

Vic Muniz e abertura da novela Passione

Vicente José de Oliveira Muniz mais conhecido como Vic Muniz, acho que você deve lembrar-se da abertura da novela Passione (obra do mesmo). O artista plástico é brasileiro radicado nos E.U.A, para suas obras de artes Vic já utilizou calda de chocolate, manteiga de amendoim, açúcar, folhas de árvores e claro sucata.

Em 2010 seu trabalho foi destacado em um documentário chamado Waste Land (Lixo Extraordinário), gravado em um aterro do Rio de Janeiro, onde ele criou retratos gigantes em meio às sucatas junto com catadores de materiais recicláveis.

Lixo Extraordinário









Vic é um artista consagrado com prêmios: Festival de Berlin e Festival de Sundance. É possível apreciar suas belas obras nos mais importantes museus de arte contemporânea do mundo: como o George  Pompido (Paris), o Guggenheim (Nova York), o Reina Sofía (Madri) e o Inhotim em Brumadinho (MG). Parte da venda de suas obras vai para doações aos catadores de reciclados.

Para conhecer mais obras do artista acesse Artsy’s Vik Muniz

Ptolemy Elrington

Ptolemy Elrington e Wild Boar


Ptolemy Elrington é britânico e trabalha profissionalmente como escultor desde 2001. Suas esculturas chamam muita atenção, devido os materiais utilizados: carrinhos de supermercados, calotas e partes de carros em estado inadequado para uso.

O artista se inspira na natureza para criar suas obras de artes, como animais e insetos. A maior parte da matéria prima utilizada vem de estradas, ele afirma que as marcas nas peças adicionam texturas e histórias as obras. Ptolemy é muito conhecido na Europa onde apareceu no The Times, The Daily Mail e em revistas internacionais.

Animais de sucata


Referências e Imagens:

Nenhum comentário :

Postar um comentário