segunda-feira, 18 de maio de 2015

Arte na capa com o Ilustrador Gustavo Rodrigues

Arte na capa com Gustavo Rodrigues


A entrevista do Arte na capa deste mês é como o incrível Ilustrador Gustavo Rodrigues. Ele nos contou um pouco do seu começou com a arte, sua carreira e seu projeto "Pinto sua parede. Pague como quiser". Espero que gostem e não se esqueça de fazer a inscrição do sorteio!

Ganhadora: Débora Danielle



Entrevista


Aline: Quando e como começou a se interessar por arte? 

Acho que como todo mundo que desenha, o interesse começou logo que coloquei um lápis na mão. Conta minha mãe que meu primeiro desenho foi feito quando tinha três anos, um Batman em uma caixa de sapato, feito com um batom que caiu no chão.

Aline: O mercado de animação do Brasil tem crescido a cada ano, como é para você trabalhar como ilustrador nesta área? 

É bem motivador trabalhar com animação por conta das inúmeras possibilidades de produção. Além disso é bem legal ver seu trabalho "criar vida" pelos olhos de outras pessoas, pois a animação exige o empenho de diversos profissionais.




Aline: Você tem um estilo muito peculiar (o gosto pelo medieval e felino), como você consegue incorporar isso no seu trabalho? 

Bom, acredito que a criação sempre vai refletir os gostos e a cultura do criador e comigo não é diferente. Ambos os assuntos sempre me interessaram e depois de conhecer artistas como Frank Frazetta, meu gosto só aumentou. São temas que me dão o mesmo prazer em desenhar de quando era criança e desenhava um Power Ranger depois do outro.



Aline: Como começou o seu projeto "pinto sua parede e pague como quiser"? fale um pouco sobre ele. 

O projeto surgiu da minha necessidade de fuga do computador. Isso mesmo, fuga! Atualmente, 90% dos trabalhos que faço são finalizados digitalmente e por mais que goste muito desse meio, estava sentindo falta de soltar mais o braço. Estava me sentindo como um tiranossauro de braços curtos. A proposta do "pague como quiser" surgiu da minha curiosidade em saber o quanto a pessoa valoriza o meu trabalho pois a partir do momento que presenteio a pessoa com uma pintura, aparece a necessidade de retribuição à altura (pelo menos eu acredito que seja assim). Ainda não sei se o projeto deu certo, mas sigo experimentando. De qualquer forma, pintar na parede se tornou um dos desafios mais legais. Veja outros trabalhos

Pinto sua parede e pague como quiser



Aline: Em que você se inspirou para fazer a capa e qual a técnica utilizada?

Para a capa, quis utilizar alguns sketches que gosto muito, dando uma nova interpretação a eles. Por conta disso a técnica é mista, o desenho original foi feito com diversas canetas e a finalização é digital.

Sobre Gustavo Rodrigues Image Map

Nenhum comentário :

Postar um comentário